Robert Payer e sua „Original Burgenlandkapelle“

Na pequena cidade alemã de Schwäbisch Gmünd, no estado de Baden-Württemberg iniciou-se a carreira musical da „Original Burgenlandkapelle“

O chefe e maestro da banda, Robert Payer, tem suas origens na parte mais ocidental da Hungria, o chamado Burgenland (região dos castelos). Ali ele nasceu em 25 de Abril de 1933 no lugarejo de Agendorf.

Tocando corneta na banda de sua cidade natal, passou a tocar mais tarde trombone numa banda militar. Ainda jovem ele se dedicou aos arranjos e composições musicais. As composições são os pensamentos e os arranjos fazem estes pensamentos visiveis. Ao maestro cabe a tarefa de fazer viver os dois em harmonia.
Por isto Robert Payer é maestro de todo coração.
Em Heidelberg (Alemanha) com Prof. Fritz Heckler ele estudou de 1973-1975 e finalizou estes estudos particulares com um diploma de maestro.

No mês de dezembro de 1956, Robert Payer, naquele tempo com 23 anos de idade, foi até Schwäbisch Gmünd, onde muitos de seus compatriotas tinham encontrados uma patria nova.
Robert Payer fundou ali uma banda com o nome de “Original Burgenlandkapelle”. Isto não aconteceu de hoje para amanhã, mas durou quase uma dezena de anos até ele criar com musicos amadores uma banda profissional.

Não só na Alemanha, também na Austria (especiamente na região natal de Robert Payer, no Burgenland), na Suiça, Holanda, Bélgica, etc., eles tem admiradores e adeptos entusiasmados com o “Sound” natural e típico dos “Burgenländer”.

Igualmente entusiamados foram milhares de espectadores nas cidades de Nova York, Chicago, Milwaukee, Los Angeles e San Diego, durante 3 semanas de apresentações nestas cidades em 1971.
O jornal alemão de Nova York “Herold/Sonntagsblatt) publicou um artigo com o título “Um som conquista America”.

Igualmente no ano de 1971 e entrou numa cooperação musical com o conhecido produtor e autor Waldemar Simon. Já na primeira LP que publicaram juntos surgiram sucessos, tal como “Kleine Anuschka”, “Wenn der Wein blüht”, “eine Rose für Dich”, “In der Weinschenke” e “Lasst Euch grüssen”.
Com o decorrer dos anos todas as bandas populares na Alemanha incluiram musicas de Robert Payer em seus programas.

Além dos títulos acima mencionados encontram-se outras músicas também famosas, p.ex.: “In fröhlicer Runde”, “Beim Dorfwirt”, und “Grüss Gott Ihr Freunde”.
Tivemos um maestro Ernst Mosch, que divulgou que nenhum outro a musica do “Egerland” e temos agora um Robert Payer, que conseguiu a mesma coisa com o “Sound” inconfundivel da música dos “Burgenländer”. Assim que a orquestra começa a tocar, logo se sabe, isto são os “Burgenländer”. Um exito que poucos conseguem.

Nos ultimos anos foram publicas uma grande serie de gravações, entre elas uma exelente CD com músicas de natal. Todas sairam das mãos de Robert Payer, as composições, arranjos e textos. A CD atual tem o título “Die grossen Erfolge” (os grandes sucessos).
Em muitas competições de música popular a „Burgenlandkapelle“ participou e consguio varias vezes o primeiro lugar. Não há nenhum programa de musica popular na Alemanha, onde Robert Payer e sua “Original Burgenlandkapelle” ainda não se apresentaram. Os títulos “Kleine Anuschka” e “Wenn der Wein blüht” ja são Evergreens.

As caracteristicas de Robert Payer são honestidade, sinceridade, caridade e dedicação social. Seus pontos fracos são: ele fica magoado rapidamente, é bastante impusivo  e muito sensivel.
Ao perguntar-lhe pela meta de sua vida, ele respondeu: “O homem pensa e Deus guia”. Robert Payer sabe poque fala assim, porque o destino nem sempre se mostrou do lado ensolarado para ele. Mas ele fala: Por causa disto fiquei mais sentimental em meus trabalhos musicais, não mais romantico, mas mais delicado em minhas composições, na harmonia e no transmissão ditto aos meus músicos.
O resultado disto mostram os seus grandes sucessos. O Sound dos “Burgenländer” esta integrado firmemente na música popular alemã.
Obrigado Robert Payer por esta obra exceptional de sua vida.